segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Curso de Introdução à História da Capoeira


Mestre Luiz Renato



A capoeira tornou-se uma das modalidades de luta mais praticadas pelos jovens brasileiros de diversos estratos sociais a partir da década de 1980. Na década seguinte, a expansão da capoeira pelo mundo foi marcante, tornando a luta um dos principais símbolos da cultura brasileira no exterior. O crescimento de sua prática como alternativa brasileira de prática cultural, atividade física e instrumento pedagógico amplamente difundido em escolas e universidades, tem representado uma grande abertura de oportunidades profissionais para professores de educação física e professores e mestres de capoeira que, cada vez mais, percebem a importância da qualificação e da preparação para o mercado.



Em parceria com o Centro Cultural Água de Beber (CECAB) coordenado pelo Mestre Ratto (Fotaleza), o Grupo de Estudos de História da Capoeira está organizando uma série de cursos, no Brasil e no exterior, com o propósito de possibilitar, ao professor e mestre de capoeira, o aprofundamento da discussão de temáticas históricas e atuais relacionadas à capoeira e à cultura brasileira em geral.



Mestre Ratto: Coordenador do CECAB
 Entendemos que a qualificação profissional é uma exigência dos novos tempos, e o professor e o mestre de capoeira precisam reciclar seus conhecimentos e acompanhar o que vem sendo produzido no ambiente acadêmico sobre a nossa arte-luta.



Percebe-se, no entanto, que embora um salto no conhecimento sobre a capoeira venha também ocorrendo no plano das ciências humanas e sociais, não tem ocorrido boa divulgação dessas informações entre os professores da luta. Tendo em vista este contexto, o curso de Introdução à História da Capoeira pretende levar à comunidade de praticantes e professores da modalidade e demais interessados informações sistematizadas sobre os principais avanços recentes no campo da história da capoeira.


Negros Lutando, Brasil. Augusto Earle, 1822

Já foram realizados cursos, sob a coordenação do Mestre Ratto, em Fortaleza e em Setúbal (Portugal), onde o CECAB está instalado com o núcleo de ensino do Graduado Goiaba. Outras iniciativas estão previstas para o ano de 2011. A iniciativa merece registro, tendo em vista se tratar de um grupo de professores extremamente qualificados e interessados no aprofundamento dos estudos sobre a capoeiragem e sua história.
 
A oportunidade de dialogar com esse público, sobretudo com os professores e mestres instalados no exterior há vários anos, é, de fato, profundamente enriquecedora. A cada encontro realizado, retorno com uma agenda de pesquisa e reflexão que surge dos questionamentos formulados pelos participantes, que possuem longa experiência no ensino da capoeira. É, portanto, para mim, uma excelente oportunidade de aprendizado.



Temas abordados:
1. Introdução à discussão sobre o Tráfico Atlântico de escravos, a escravidão no Brasil
2. A formação da cultura escrava urbana no Brasil
3. O percurso da história da capoeira: viajantes, folcloristas e acadêmicos
4. Teses sobre as origens da capoeira e primeiros registros históricos
5. A capoeiragem carioca, a vadiação baiana e outras manifestações locais da capoeiragem
6. A Capoeira Regional de Mestre Bimba
7. Mestre Pastinha e a Capoeira Angola
8. Formas de organização da capoeira no cenário cultural e desportivo nacional
9. Capoeira e globalização: a identidade cultural brasileira na nova ordem mundial.
A iniciativa consiste em versão reformulada e atualizada de curso ministrado na Universidade de Brasília, em três ocasiões, na modalidade Curso de Extensão, com ampla participação da comunidade da capoeira do Distrito Federal.



Roda de Capoeira em Setúbal - Portugal

2 comentários:

Ricardo Nascimento disse...

Parabéns pelo excelente Blog e pela divulgação séria de uma arte que encanta a tantos em muitas partes do mundo.

Ricard Nascimento
Cangaceiro

Mestre Luiz Renato disse...

Obrigado, Cangaceiro. Seu trabalho vem enriquecendo muito a pesquisa sobre a capoeira na Europa. Foi um prazer e uma honra trabalhar com você no curso em Setúbal. Esperamos em breve poder divulgar sua contribuição sobre o tema no blog.
Luiz Renato